A Executiva Nacional do PDT determinou ontem (18), intervenção no Diretório Regional do PDT da Paraíba, destituindo Renato Feliciano, que será substituído pelo advogado Marcos Ribeiro, fundador da legenda no estado. A intervenção foi confirmada por Everton Gomes, que integra os quadros da direção do PDT.

Em postagem na rede social Twitter, o dirigente partidário disse que a intervenção foi para que “o partido seja de fato: plural, de esquerda e alinhado ao PND (Plano Nacional de Desenvolvimento). Avante com @cirogomes”.

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, ficou desapontado com a saída do deputado federal Damião Feliciano, que resolveu deixar o partido, se filiar ao União Brasil e abandonar o PDT à própria sorte. A legenda agora busca se reestruturar para conseguir formar palanque para Ciro Gomes na Paraíba.

A vice-governadora Lígia Feliciano, que é filiada ao PDT, nem seu filho, Renato Feliciano, ainda não se pronunciaram sobre a intervenção.

 

FELIPE SILVA