Artilheiro do Botafogo-PB na temporada com 16 gols e um dos maiores goleadores do futebol paraibano, ao lado de Olávio, do Campinense, o atacante Gustavo Coutinho é uma peça intocável do time do Belo. Voz importante do grupo, o camisa 9 botafoguense vem gostando das primeiras impressões com seu novo comandante, Itamar Schülle.

O centroavante destacou que os treinos são dinâmicos e intensos e que o grupo tem assimilado rapidamente a forma com que o novo treinador pensa o futebol e o que ele espera da equipe para o decorrer da Série do Campeonato Brasileiro.

“O professor Itamar chegou para agregar muito ao nosso grupo. A gente está se adaptando muito bem. São trabalhos muito intensos e dinâmicos. A gente se adaptou rápido e acho que até mais rápido do que ele poderia imaginar”, comentou o atacante.

A rodada da Série C ainda tem mais um jogo antes de encerrar — Figueirense x Remo —, sem contar com a partida entre Botafogo-PB e Mirassol, que acabou adiada para  o dia 3 de agosto, mas já dá para dizer que os resultados foram bons para o Belo.

É que mesmo sem entrar em campo, o Botafogo-PB vai se manter na mesma posição ou cair apenas uma. Com 20 pontos, o Belo está em quarto e só cai para quinto se o Figueirense vencer o Remo.

“A gente deve manter uma diferença de três pontos para o nono colocado, que é nosso grande objetivo. Quanto mais longe do nono melhor para a gente. Estamos em quarto temporariamente, mesmo com uma rodada a menos. Isso dá uma tranquilidade maior para o Itamar trabalhar, de uma maneira mais leve. A gente tem se adaptado bem a essa mudança”, disse Coutinho.

A próxima rodada do Botafogo-PB pela Série C, que será a reestreia de Itamar Schülle pelo Alvinegro, já tem data marcada. O clube encara no próximo domingo o Brasil de Pelotas pela rodada #13 da Série C do Campeonato Brasileiro, às 11h, no Estádio Bento Freitas.

  • Jornal da Paraíba