A cidade de Santos, Litoral da São Paulo, está sediando, até sexta-feira (22), o Expo Brazilian Creative Cities, que faz parte da 14ª Conferência da Rede de Cidades Criativas da Unesco, um hub global para troca de experiências e informações sobre a economia criativa no contexto urbano. A Prefeitura de João Pessoa, por meio das Secretarias de Turismo (Setur) e do Desenvolvimento Econômico, será representada pelo secretário executivo Ferdinando Lucena, das assessoras de Relações Internacionais, Marina Ribeiro; de Projeto Especiais da Segov, Alia Nassim; da gestora de Turismo do Sebrae da Paraíba, Regina Amorim; e do coordenador do Programa Cidade Criativa da Unesco no Artesanato, Eduardo Barroso.

A cidade de João Pessoa participa pela primeira vez da Conferência Anual da Rede de Cidades Criativas da Unesco. Em sua 14ª edição, o evento é marcado ainda pela estreia do Encontro Global na América Latina, reunindo representantes das 295 cidades, de 90 países, integrantes da rede de cooperação criada e mantida pela organização internacional. A Paraíba é o único estado brasileiro a contar com duas cidades criativas: a Capital paraibana, que representa o Artesanato e Artes Populares, e Campina Grande, destacada na categoria Artes Midiáticas.

“Integrar a Rede de Cidades Criativas da Unesco é mais do que um orgulho. Além de uma merecida conquista da cidade de João Pessoa, é também a reafirmação do compromisso com a nossa identidade cultural, o que nos traz ainda mais responsabilidade”, afirmou Ferdinando Lucena.

Durante o evento, além de participar das discussões, a cidade de João Pessoa terá um estande na Expo Criative Cities, no Pavilhão Blue Med, onde apresentará um destino vibrante, dinâmico e com infraestrutura revitalizada, seus atrativos turísticos, potencialidades e seu rico artesanato que justifica o título de Cidade Criativa da Unesco.

 

ClickPB