O prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima (PSD), disse, em entrevista essa semana, que considera seu vice, Lucas Ribeiro (Progressistas) um ‘bom nome’ também para vice-governador da Paraíba, mas ressaltou que um aliado administrativo não pode ser um adversário político.

“Não dá para pensar que pode ser aliado administrativo e adversário político”, disse.

Bruno ressaltou que não foi avisado formalmente sobre Lucas ocupar a vaga de vice na chapa de Azevêdo, que o considera um “bom nome”. O gestor, no entanto, disse que não foi informado sobre as tratativas e que tem acompanhado as movimentações pela imprensa.

“Nem precisa me informar, não sou do Progressistas. Eu teria um diálogo esta semana com o deputado Aguinaldo Ribeiro, mas não pude ir a João Pessoa. Pelo contrário, tenho acompanhado pela imprensa. Todos têm um pressuposto básico para entrar na política que é ser maior de 18 anos. Sendo maior de 18 anos, todos são responsáveis pelas suas escolhas”, pontuou.

PB Agora