O Tribunal Regional do Trabalho, após definir a Fundação Getúlio Vargas (FGV), como a banca organizadora do próximo concurso do órgão, que deve ocorrer ainda este ano, também divulgou os cargos para preenchimento imediato e quais serão para cadastro de reserva.

Inicialmente serão ofertadas quatro vagas para preenchimento para os cargos de analista judiciário – área judiciária (1 vaga), técnico judiciário – área administrativa sem especialidade (2 vagas) e técnico judiciário – tecnologia da informação (1 vaga).

Além disso, o certame terá formação de cadastro de reserva, com previsão de vagas para 17 cargos conforme disponibilidade orçamentária do Tribunal, nos termos da Emenda Constitucional nº 95/2016.

A expectativa é de que o edital seja publicado nos próximos 25 dias e que as provas sejam aplicadas em 85 dias.

O certame terá provas objetivas para todas as especialidades e de redação. Além disso, os candidatos inscritos para o cargo de técnico judiciário – polícia judicial farão testes de avaliação física.

Confira abaixo a relação dos cargos disponíveis para cadastro de reserva:

Analista Judiciário – Área Judiciária

Analista Judiciário – Área Administrativa sem Especialidade

Analista Judiciário – Oficial de Justiça Avaliador Federal

Analista Judiciário – Arquitetura

Analista Judiciário – Estatística

Analista Judiciário – Tecnologia da Informação

Analista Judiciário – Biblioteconomia

Analista Judiciário – Engenharia Elétrica

Analista Judiciário – Medicina

Analista Judiciário – Médico Psiquiatra

Analista Judiciário – Serviço Social

Analista Judiciário – Contador

Técnico Judiciário – Área Administrativa sem Especialidade

Técnico Judiciário – Polícia Judicial

Técnico Judiciário – Enfermagem

Técnico Judiciário – Tecnologia da Informação

PB Agora