A presidente nacional do PT e ex-ministra da Casa Civil do Brasil, Glesi Hoffmann, confirmou, nesta quarta-feira (27), a agenda do candidato à presidência da República em 2022 na cidade de Campina Grande, na próxima terça-feira, 2 de agosto. A confirmação veio através de um vídeo gravada por ela, distribuído nas redes sociais.

Anteriormente, esse evento aconteceria no Busto de Tamandaré, ponto turístico da capital do Estado, João Pessoa. Mas, conforme informações do próprio partido, a agenda mudou para Campina Grande por questões de logísticas e agendas do próprio ex-presidente.

A mudança, certamente, serviu para que adversários políticos criticassem Lula. Nilvan Ferreira (PL), pré-candidato ao Governo do Estado pela sigla do candidato à reeleição Jair Bolsonaro (PL), afirmou que os petistas “ficaram com medo” de aparecer na capital paraibana.

Dentre todos os estados do Nordeste, a Paraíba foi o único lugar que ele ainda não visitou. Em território paraibano, o ex-presidente precisa lidar entre dois candidatos aliados que concorrem ao Governo estadual, nas figuras de João Azevêdo (PSB) e Veneziano Vital (MDB), este que tem o apoio de seu amigo Ricardo Coutinho (PT).

MaisPB