Segundo o ministério, a morte foi registrada no interior de Minas Gerais

 

O Ministério da Saúde confirmou nesta 6ª feira (29.jul.2022) a 1ª morte por varíola dos macacos no Brasil. Ao Poder360, a pasta informou que a morte foi registrada no interior de Minas Gerais.

Segundo a pasta, até a noite de 5ª feira (28.jul.2022) o Brasil registrou 1.066 casos de varíola dos macacos. São Paulo e Rio de Janeiro são os Estados com mais contaminados pela doença até o momento, com 823 e 124, respectivamente.

Além deles, outras 13 unidades federativas possuem registros da doença. Eis a quantidade de infectados por Estado:

  • São Paulo (823);
  • Rio de Janeiro (124);
  • Minas Gerais (44);
  • Paraná (21);
  • Distrito Federal (15);
  • Goiás (13);
  • Bahia (5);
  • Ceará (4);
  • Rio Grande do Sul (4);
  • Santa Catarina (4).
  • Pernambuco (3);
  • Rio Grande do Norte (2);
  • Espírito Santo (2);
  • Tocantins (1);
  • Acre (1);

Em São Paulo, SMS (Secretaria Municipal da Saúde) da capital informou ter registrado 3 casos em crianças. Segundo o órgão, todas estão sendo monitoradas e não há sinais de agravamento da doença.

Na 5ª feira (28.jul.2022), o ministério da Saúde anunciou a criação do COE (Centro de Operação de Emergências). O centro, que entrou em funcionamento nesta 6ª feira, acompanhará a situação epidemiológica e também deve elaborar o plano de vacinação da doença no Brasil.

Ao Poder360, a pasta informou que cerca de 50.000 doses estão sendo negociadas com o Opas (Organização Pan-Americana da Saúde). A pasta não informou, no entanto, a previsão de chegada de vacinas.

A decisão foi anunciada pelo secretário de Vigilância de Saúde, Arnaldo Medeiros, durante reunião da CIT (Comissão Intergestores Tripartite), em Brasília.

Participarão do COE membros do Conass, Consems, Opas, Anvisa e representantes do ministério da Saúde.

Mundo

Com a atualização de dados, o Brasil ocupa o 6º lugar na lista de países com mais casos da varíola. Segundo dados do Our World in Data, a lista é encabeçada por EUA (4.630 casos), Espanha (3.738) e Alemanha (2.540). Em 4º e 5º lugar, respectivamente, estão Reino Unido (2.437 registros) e França (1.829).

Desde maio, o mundo enfrenta o maior surto do vírus fora da África. O Poder360 preparou uma reportagem explicando a varíola dos macacos.

Leia os sintomas, formas de transmissão, prevenção e tratamento:

Poder 360