Foto: Gaeco

Uma operação conjunta do Gaeco e da Polícia Militar terminou com o cumprimento de 8 mandados de prisão na manhã de hoje, na Paraíba. Entre os presos está um médico e um motorista de ônibus escolar. Os dois eram contratados pela prefeitura da cidade de Bayeux, na região metropolitana.

No caso do médico havia contra ele um mandado de prisão por peculato. Já o motorista é alvo de um mandado de prisão por ser suspeito de estupro de vulnerável.

A ação faz parte de uma força-tarefa coordenada pelo Gaeco para identificar pessoas com mandados de prisão em aberto que sejam contratados pelo poder público, em prefeituras, câmaras de vereadores e no Estado. Para isso, os investigadores têm utilizado algoritmos no cruzamento dos dados.

Os nomes dos presos não foram divulgados.