O futsal perdeu nesta sexta-feira a jogadora Pietra Medeiros, de apenas 20 anos. Campeã da Libertadores da América 2022, a atleta do Taboão da Serra estava internada em estado grave por conta de uma hepatite autoimune. A morte da jogadora foi divulgada pelo próprio clube nas suas redes sociais. Pietra era atleta de futsal desde os 16.

Pietra estava internada havia mais de 10 dias. Por conta do problema de saúde da jogadora, as últimas partidas do Taboão da Serra foram adiadas. A atleta morreu no hospital Leforte, localizado no bairro da Liberdade, região central da cidade de São Paulo.

Pietra Medeiros posa com Falcão em treino do Taboão da Serra — Foto: Reprodução/Instagram
Pietra Medeiros posa com Falcão em treino do Taboão da Serra — Foto: Reprodução/Instagram

Integrante da equipe sub-20 do Taboão, Pietra vinha sendo aproveitada eventualmente no elenco principal da equipe paulista. Ela jogava como ala, posição onda atuam as atletas mais habilidosas do futsal.

Após a morte da jogadora, diversas colegas de profissão e nomes mais conhecidos do futsal masculino – inclusive o craque Falcão – prestaram homenagens em suas redes sociais.

Globo Esporte