Reprodução/TV Correio

Um bandido armado entrou a pé no Centro Profissionalizante Deputado Antônio Cabral (CPDAC), no bairro Valentina Figueiredo, na Zona Sul de João Pessoa, e cometeu um arrastão contra mais de 30 pessoas, entre estudantes, professores e funcionários, que tiveram celulares roubados. O crime aconteceu nessa quarta-feira (24), após o fim do turno da tarde da escola.

Segundo apuração da TV Correio, imagens de câmera de segurança da instituição de ensino mostram quando o homem entra no local pelo portão, usando um boné e segurando um capacete em uma das mãos, por volta das 17h55. Após o crime, ele teria fugido de motocicleta, na companhia de uma pessoa que teria ficado do lado de fora para dar suporte à ação.

Vítimas do arrastão registraram boletim de ocorrência durante o plantão noturno da Central de Polícia de João Pessoa. De acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Civil, será instaurado um inquérito para investigar o caso na Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio (DCCPAT).

A assessoria da Polícia Militar também foi procurada, mas não encaminhou resposta até a publicação desta matéria.

Portal Correio entrou em contato com o setor de comunicação da Secretaria de Estado da Educação na manhã desta quinta-feira (25) e obteve uma nota oficial da pasta sobre o ocorrido. Veja abaixo, na íntegra:

A Secretaria de Educação esclarece que o assaltante, armado, rendeu o porteiro no momento em que ele abria o portão para a saída dos alunos. A gestão escolar está colaborando com as investigações policiais e a secretaria já providenciou vigilância armada para a escola, que estará no local a partir de amanhã (26).

 

Portal Correio