A delegada Andreia Melo informou ao ClickPB que a investigação está no início e que nenhuma hipótese pode ser descartada, ainda. Entre as hipóteses estão a de crime homofóbico e de latrocínio, pois a moto da vítima foi levada. (Foto: Reprodução/Redes sociais)

A Polícia Civil está investigando a morte de um homem no bairro Heitel Santiago, em Santa Rita, região metropolitana de João Pessoa. A delegada Andreia Melo informou ao ClickPB que a investigação está no início e que nenhuma hipótese pode ser descartada, ainda. Entre as hipóteses estão a de crime homofóbico e de latrocínio, pois a moto da vítima foi levada.

Antônio Adailton de Lima Barreto, de 33 anos, trabalhava em uma farmácia e foi encontrado morto dentro de casa, onde morava sozinho. O corpo dele estava enrolado em lençóis. A delegada informou ao ClickPB, nesta terça-feira (30), que familiares da vítima teriam revelado a um agente da Polícia Civil que Antônio teria sido golpeado na cabeça com um ferro de passar roupa, objeto esse encontrado na cena do crime. Ela pretende confirmar essa informação amanhã (31), durante o expediente na delegacia em Santa Rita.

Antônio teve um último contato com a família no sábado (27), no domingo (28) não falou com os parentes e não foi visto nessa segunda-feira (29). Até que os irmãos foram à casa dele, o chamaram e, como ele não abriu a porta, resolveram violar o cadeado e entrar na residência. Foi quando o teriam encontrado morto, enrolado em lençóis, ainda nessa segunda-feira.

A Polícia Civil busca imagens  de câmeras que possam ajudar nas investigações.

 

ClickPB