Moradores de Sichuan receberam alerta de terremoto por mensagem no celular

Um terremoto de magnitude 6,8 atingiu, nesta 2ª feira (5.ago.2022), o condado de Luding, província de Sichuan, na China. Segundo a emissora de TV estatal CCTVo tremor foi às 12h52 no horário de Pequim (1h52 no horário de Brasília) e, até o momento, deixou ao menos 21 mortos e mais de 30 feridos.

Moradores de Sichuan receberam, por mensagens via celular, alerta antecipado sobre o terremoto. O presidente chinês, Xi Jinping, determinou esforços de resgate para minimizar o número de vítimas, enfatizando que salvar vidas “deve ser a principal tarefa”.

O Departamento de Gerenciamento de Emergências da Província de Sichuan e o Departamento de Reserva de Grãos e Materiais da Província de Sichuan instalaram 4.400 tendas centrais e provinciais de socorro, 14.000 colchas e 14.000 camas dobráveis, totalizando mais de 32.000 peças como 1ª medida de ajuda.

Além das vítimas, o terremoto também causou deslizamento de terra, atingindo casas e estradas, e danificou os sistemas de água, eletricidade e serviços de comunicação.

Segundo a mídia estatal, o terremoto também foi sentido em províncias mais distantes: Yunnan, Shaanxi e Guizhou.

PODER 360