Operação resgata 5 paraibanos de trabalho análogo à escravidão em SP

Cinco paraibanos foram resgatados de condição análoga à escravidão em dois restaurantes em São Paulo. Isso aconteceu durante a operação a força-tarefa denominada de “Operação Sushi Paulistano“, que teve atuação do Ministério Público do Trabalho, Superintendência Regional do Trabalho e também da Polícia Federal.

Realizada em 22 de agosto, a ação constatou que os trabalhadores, provenientes do Nordeste, não haviam sido registrados no e-Social, eram alojados em condições degradantes e realizavam jornadas de trabalho extenuantes que podiam chegar a 14h diárias.  Informações sobre os paraibanos resgatados foram divulgadas recentemente.

Dois são da cidade de Patos, um de Santa Terezinha, um de Barra de Santa Rosa e o outro da cidade de Cuité. Três deles com 19 anos de idade, um com 25 e o outro de 27 anos. Segundo Ministério Público, ao todo, foram resgatadas 17 pessoas, todas do Nordeste.

 

T5