Pres. Bolsonaro participa da Cerimônia de Cumprimento aos Oficiais-Generais promovidos acompanhado pela primeira-dama Michelle Bolsonaro ministro da Defesa, Paulo Sérgio, general Braga Netto, comandante do Exercitio general Marco Antônio Freire Gomes e a Brigadeiro Ana Paola. | Sérgio Lima/Poder360 00.set.0000

O presidente Jair Bolsonaro (PL) disse que avalia comparecer ao funeral da rainha Elizabeth 2ª. A monarca, a mais longeva do Reino Unido, morreu na 5ª feira (8.set.2022), aos 96 anos.

Em entrevista à CNN Brasil, o chefe do Executivo informou que sua equipe está fazendo ajustes para tentar conciliar a ida ao Reino Unido com viagem à Assembleia Geral das Nações Unidas, com início marcado para 20 de setembro em Nova York (EUA). A data do enterro da rainha ainda não foi confirmada, mas é provável que seja em 18 ou 19 de setembro.

De acordo com o horário e dia [do funeral de Elizabeth 2ª], pode ser que eu vá. Na outra semana, eu tenho 2 dias nos Estados Unidos, abertura dos trabalhos da ONU, vou me fazer presente”, disse Bolsonaro em entrevista publicada neste sábado (10.set.2022).

Se coincidir a véspera ou a despedida da rainha, há essa possibilidade de eu ir para o Reino Unido e participar do adeus a essa mulher que foi mais que uma rainha para aquele povo. Foi um exemplo para todos nós do mundo, até mesmo durante a sua visita em 68 ao Brasil, deixa saudades até hoje.

A rainha Elizabeth 2ª veio uma única vez ao Brasil, em 1968, durante os seus mais de 70 anos de reinado. Na ocasião, passou por 5 Estados e participou de eventos históricos, como a inauguração da sede do Masp (Museu de Arte de São Paulo), na Avenida Paulista, em São Paulo.

É com grande pesar e comoção que o Brasil recebe a notícia do falecimento de Sua Majestade a Rainha Elizabeth 2ª, uma mulher extraordinária e singular, cujo exemplo de liderança, de humildade e de amor à pátria seguirá inspirando a nós e ao mundo inteiro até o fim dos tempos”, escreveu Bolsonaro em seu perfil no Twitter.

Nesta data triste para o mundo, decretamos três dias de luto oficial e convidamos todo o povo brasileiro a prestar homenagens à Rainha Elizabeth 2ª. DEUS SALVE A RAINHA!”, declarou Bolsonaro.

Outros políticos brasileiros, entre ministros, congressistas e candidatos, também lamentaram a morte da rainha.

Neste sábado (10.set), Charles 3º foi proclamado rei do Reino Unido. Em seu pronunciamento, lembrou o legado de sua mãe e declarou estar “profundamente ciente desta grande herança”. O rei disse que buscará “a paz, a harmonia e a prosperidade” de todos os “reinos e territórios da Commonwealth em todo o mundo”. 

 

PODER 360