Reprodução

O clima não anda nada tranquilo na cidade de Guarabira, diferentemente do que aconteceu em outras cidades que a caravana do governador João Azevêdo passou, em Guarabira houve muita pancadaria entre os candidatos a deputado estadual Célio Alves, Renato Meireles, o deputado Gervasio Maia, entre outras pessoas.

 

Tudo começou porque no carro aberto ao qual o governador João Azevêdo passou por Guarabira, o candidato Célio Alves não estava no pilotão da frente com o governador, a ciumeira começou daí.

Já Em cima do trio, segundo informações, Célio teria furado a ordem de oradores, chamando já o deputado Gervasio Maia para discursar antes do vereador e candidato a deputado estadual Renato Meireles, foi aí onde a pancadaria começou.

 

Renato pegou o microfone e tentou falar, mas foram desligados os microfones e a iluminação do trio.

 

Começou a confusão generalizada, o deputado Gervasio acabou jogando o microfone em pessoas em cima do trio, houve empurra empurra, que o deputado teve que ser retirado pela polícia junto com Célio Alves.

 

Renato usou um paredão de som para poder discursar e gritava ” Lugar de quem bate em mulher é na cadeia, não é na assembléia legislativa não, querem nos calar, mas não vão conseguir” destacou Renato.