O diretor-presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Jarbas Barbosa, durante audiência pública na Comissão de Assuntos Sociais do Senado.

O médico pernambucano Jarbas Barbosa será o novo diretor da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas). O brasileiro foi eleito por Estados-membros durante a 30ª Conferência Sanitária Pan-Americana, em Washington, nos Estados Unidos.

O mandado de 5 anos de Jarbas terá início no dia 1º de fevereiro de 2023. Ele vai suceder a Carissa Etienne, da Dominica (país no Caribe), que preside a Opas desde 2012.

Atualmente, Jarbas é diretor assistente da Opas e liderou os esforços da organização no combate à pandemia da covid-19, sobretudo no que diz respeito ao acesso equitativo de vacinas e às capacidades regionais para a fabricação de medicamentos.

Biografia

Jarbas Barbosa é médico formado pela Universidade Federal de Pernambuco e especialista em Saúde Pública e Epidemiologia pela Escola Nacional de Saúde Pública, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). É também mestre em Ciências Médicas e doutor em Saúde Pública pela Universidade de Campinas (Unicamp). Foi secretário municipal de Saúde de Olinda, secretário estadual de Saúde de Pernambuco e diretor do Centro Nacional de Epidemiologia.

Iniciou sua carreira na Opas em 2007 como gerente da área de Vigilância em Saúde, Prevenção e Controle de Doenças. Em 2011, retornou ao Ministério da Saúde do Brasil como secretário de Vigilância em Saúde, posteriormente assumindo a Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação e Insumos Estratégicos. Antes de se tornar diretor assistente, Jarbas foi diretor-presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) de 2015 a 2018.

A Opas atende a região das Américas e serve como escritório regional da Organização Mundial da Saúde (OMS).

 

EBC