O trabalho mais recente de José Dumont na TV foi na própria Globo no ano passado. Ele era o Coronel Eudoro na novela "Nos Tempos do Imperador" (2021), na faixa das 18h. (Foto: Reprodução)

O ator José Dumont, de 72 anos, que estava preso na Casa do Albergado Crispim Ventino, em Benfica, Zona Norte do Rio, foi solto na manhã desta quarta-feira (12). Ele vai usar tornozeleira eletrônica.

O ator foi preso em flagrante no dia 15 do mês passado por adquirir, possuir e armazenar em seu computador e em seu telefone celular, fotografias e vídeos contendo cenas de pornografia envolvendo crianças e adolescentes de diversas idades.

A denúncia partiu de vizinhos. Segundo a investigação, câmeras de segurança do condomínio onde ele mora flagraram o ator cometendo abusos contra um adolescente de 12 anos, como beijos e carícias.

A polícia informou que ele se aproximou do menino há um ano, ao oferecer ajuda financeira e presentes.

Ao cumprir o mandado de busca e apreensão na casa do ator, os policiais encontraram vídeos e fotos contendo pornografia infantil no celular pessoal e no computador. A Justiça também tinha autorizado a quebra de sigilo de dados.

De acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente, armazenar imagens de sexo envolvendo crianças é crime.

 

g1