Delegado pede prisão de homem que matou companheira e tirou foto com o corpo em Itapororoca; acusado segue internado

delegado seccional de Mamanguape, Sylvio Rabelo, já solicitou à Justiça a prisão preventiva do homem que assassinou a companheira em Itapororoca. O feminicídio aconteceu nesta quinta-feira (8) e a vítima foi assassinada a golpes de facão.

Como apurado pelo portal, o delegado contou que o homem tentou se matar após assassinar a companheira e foi socorrido para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa. Na unidade, ele segue custodiado por policiais militares.

O delegado também contou que instantes após o crime, o suspeito foi preso em flagrante e deve ser levado a algum presídio após receber alta.

“Ele está custodiado, mas foi preso em flagrante. Já pedimos a prisão preventiva e do hospital ele deve ir direto para a cadeia”, afirmou o delegado ao site.

Ao site, a assessoria de comunicação do Trauma da Capital informou que o estado de saúde de Reinaldo é estável e ele segue internado. No entanto, não há previsão dele receber alta hospitalar.

Entenda o crime

Como publicado pelo portal, o homem, que é conhecido como Reinaldo, e a vítima, chamada Danielle Silva, eram companheiros há algum tempo. No entanto, entre a noite dessa quarta-feira (7) e a madrugada desta quinta-feira os dois discutiram e o suspeito acabou assassinando a companheira.

Após o crime, Reinaldo chegou a tirar uma foto ao lado da mulher, já morta, e publicou a imagem em uma rede social.

Por ClickPB