Morre arquiteto que marcou a história de Campina Grande

O prefeito Bruno Cunha Lima emitiu uma nota de profundo pesar pela morte de Geraldino Pereira Duda, aos 88 anos, nesta terça-feira (5). Bruno anunciou que está decretando luto oficial de três dias pelo falecimento daquele que deixou um importante legado para Campina Grande, com obras que transformaram a história e projetaram a cidade para o futuro. Engenheiro Civil, graduado pela UFPB, Arquiteto autodidata, Geraldino Duda foi um dos primeiros campinenses a exercer trabalhos do gênero em nossa cidade.

“Geraldino era um mestre para muitos e um ícone para Campina Grande. Muito querido por onde passava, ele dedicou sua vida à Prefeitura e a nossa cidade, tendo trabalhado na Secretaria de Planejamento, desenvolvendo projetos que marcaram a nossa história, como o do Teatro Municipal Severino Cabral, da Praça Clementino Procópio e do prolongamento da Avenida Floriano Peixoto. Todo o nosso agradecimento e reconhecimento a Geraldino, que nos deixa, lamentavelmente, às vésperas de seu aniversário de 89 anos, que seriam completados nesta quarta-feira, 6 de março”, destacou o prefeito durante entrevista (Confira áudio).

O velório do arquiteto e urbanista Geraldino Duda teve início às 10h desta terça, no Campo Santo Parque da Paz, localizado no bairro do Ligeiro. O sepultamento está marcado para as 17h.

Paraiba online