Complexo Coremas Mãe D’água aumenta lâmina e capacidade chega a quase 90 milhões de m³

O complexo Coremas Mãe D’água, localizado na cidade de Coremas, no Vale do Piancó, aumentou este ano de 2024 cerca de 1 metro e meio em sua lâmina. O manancial é o maior do estado da Paraíba e é formado pela junção da Barragem Mãe D’água que abastece várias cidades do Sertão da Paraíba, e do açude Estevam Marinho.

A informação é do secretário de Meio Ambiente da cidade de Coremas, José Albertino. Segundo o gestor, a quantidade representa uma recarga de quase 90 milhões de metros cúbicos este ano no maior manancial da Paraíba que tem a capacidade de 1 bilhão 289 milhões 163 mil 194 metros cúbicos.

O volume atual é de 608.668,063 milhões de metros cúbicos o que equivale a 47,21% de sua capacidade, conforme dados da Agência Nacional das Águas (ANA), Agência Executiva de gestão das Águas (AESA) e do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS).

A Barragem Mãe D’água tem capacidade de 545.017,499 metros cúbicos, enquanto o açude Estevam Marinho acumula até 744.144,193 metros cúbicos. Os dois juntos têm uma capacidade de 01 bilhão 289 milhões 163 mil 194 metros cúbicos.

Mesmo com a junção dos dois mananciais, o volume atual é de apenas 47,21% de sua capacidade. Atualmente o Complexo conta com 608.668,063 milhões de metros cúbicos. Os dados são da Agência Nacional das Águas (ANA), Agência Executiva de gestão das Águas (AESA) e do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS).