PSG responde fala polêmica de Mbappé: ‘não tem classe’

“Nasser Al-Khelaifi nunca determinou qualquer decisão da equipe. O Luis Enrique até falou sobre isso, mas apesar de tudo, o Mbappé diz algo e todo mundo o leva como sendo a verdade absoluta. […] Não tem nenhuma classe”, disse o PSG em comunicado à agência AFP.

O PSG rebateu a fala polêmica de Mbappé sobre a saída do clube francês. Em comunicado, o time criticou a “falta de classe” do atacante e afirmou que o presidente Nasser Al-Khelaifi “nunca determinou qualquer decisão da equipe”.

“Nasser Al-Khelaifi nunca determinou qualquer decisão da equipe. O Luis Enrique até falou sobre isso, mas apesar de tudo, o Mbappé diz algo e todo mundo o leva como sendo a verdade absoluta. […] Não tem nenhuma classe”, disse o PSG em comunicado à agência AFP.

Mbappé afirmou que o PSG foi “violento” após o atacante resolver não renovar seu contrato. O francês agora é jogador do Real Madrid.

O atacante contou que o clube havia afirmado que “não jogaria esta temporada” e agradeceu ao técnico Luis Enrique pelo apoio. Mbappé está com a seleção francesa e falou sobre a saída do PSG na última terça-feira (4).

“O PSG me disse de forma violenta na minha cara que eu não jogaria esta temporada. Luis Campos [diretor esportivo do PSG] e Luis Enrique [técnico do PSG] me salvaram. Eles me disseram que eu não ia jogar muito, então eu já estava preparado. Entendo as críticas. Eu estive longe do meu nível e sei que estive pior. Tentei estar lá pelo meu time, mas para o próximo ano não espero uma temporada como esta”, disse Mbappé.

Mbappé fechou com o Real por cinco temporadas e, segundo o jornal francês Le Parisien, vestirá a camisa 9. O atacante se apresenta ao time merengue após a disputa da Eurocopa.

POR FOLHAPRESS