A convite do Governo da Paraíba, ministra da Cultura Margareth Menezes realiza agenda em Campina Grande neste sábado (22)

0
31
Imagem: Divulgação

A ministra da Cultura do Brasil, Margareth Menezes, visita a Paraíba neste sábado (22) para cumprir uma extensa agenda em Campina Grande. O convite e a articulação para a vinda da ministra partiram do Governo da Paraíba, por meio da Secretaria de Estado da Cultura da Paraíba (Secult-PB), e durante a agenda vai haver uma série de diálogos sobre parcerias entre Estado e União.

Com relação à Política Nacional Aldir Blanc (Pnab) de Fomento à Cultura, Margareth Menezes vai assinar ao lado do governador João Azevêdo a autorização do lançamento do Sala de Arte, edital a ser gerido pela Secult-PB com o objetivo de selecionar propostas de oficinas de formação em arte e cultura nas escolas da rede estadual de ensino da Paraíba. Vão ser investidos R$ 2,5 milhões para 250 propostas de R$ 2 mil cada, respeitando para isso cotas regionais, étnicas e de gênero.

A ministra da Cultura ainda vai visitar no bairro de Monte Santo o local onde vai ser erguido um dos sete CEUs da Cultura que vão ser instalados nos próximos anos na Paraíba. Trata-se de equipamentos culturais de pequeno e médio porte que ofertam serviços de arte, cultura, esportes e cidadania em territórios vulneráveis de diferentes cidades brasileiras e cuja inclusão da Paraíba foi anunciada em março deste ano.

Além de Campina Grande, os municípios de Cabedelo, João Pessoa, Bayeux, Sapé, Esperança e Patos também vão receber espaços como esse. Os recursos são do Governo Federal, por meio da Política Nacional Aldir Blanc (Pnab) de Fomento à Cultura, mas serão operacionalizados pelo Governo do Estado.

Também em Campina Grande, a ministra vai fazer a entrega simbólica dos cheques do Prêmio Paraíba Junina, o primeiro dos editais lançados no Estado em 2024 pela Pnab e que contemplou inúmeras quadrilhas juninas paraibanas, a tempo delas se apresentarem nas festas de São João deste ano.

“A Política Nacional Aldir Blanc de Fomento à Cultura é uma ação da mais alta importância, que conta com a participação conjunta e harmônica entre Governo Federal e estados. E para a Paraíba é uma honra a presença da ministra, principalmente porque fomos a primeira unidade federativa do Brasil a ter o plano de ação da Pnab aprovado pelo Ministério da Cultura”, explicou o secretário de Estado da Cultura da Paraíba, Pedro Santos.

Ele destacou, para além disso, que a presença da ministra na Paraíba justo neste período do ano acontece também por causa de um pedido da própria Margareth Menezes, que tinha falado de seu desejo de conhecer o Salão do Artesanato Paraibano. “A ministra já tinha comentado com o governador que queria conhecer o Salão. Porque ela ficou surpresa com a dimensão que o evento tem na Paraíba”, frisou.

O 38º Salão do Artesanato Paraibano reúne em Campina Grande mais de 500 expositores, durante mais de 20 dias de negócios, e movimenta um valor superior a R$ 3 milhões em produtos artesanais comercializados. “É um Salão do Artesanato que você não encontra igual no Brasil”, garantiu Pedro.

Ainda neste sábado (22), Margareth Menezes deve visitar algumas das festas de São João que acontecem na Paraíba.

Por Governo da Paraíba 

 

 

 

 

Por Governo da Paraíba 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui