Brasileira Mayra Sheetara sofre corte grotesco e perde luta no UFC 303

0
470

A luta entre Mayra e Macy foi intensa desde o início, com ambas as lutadoras buscando a trocação franca. Macy Chiasson apostou nos golpes de mão, enquanto Mayra respondeu com chutes poderosos. A brasileira conseguiu acertar duas joelhadas perigosas na adversária, mostrando intensidade na busca pela vitória.

Na virada deste sábado para domingo (horário de Brasília), Las Vegas foi palco do UFC 303, evento que contou com a participação de cinco brasileiros subindo ao octógono em suas respectivas lutas. Entre eles, a brasileira Mayra Bueno Silva, a “Sheetara”, enfrentou a americana Macy Chiasson pelo peso-galo (até 61 kg) no card principal.

A luta entre Mayra e Macy foi intensa desde o início, com ambas as lutadoras buscando a trocação franca. Macy Chiasson apostou nos golpes de mão, enquanto Mayra respondeu com chutes poderosos. A brasileira conseguiu acertar duas joelhadas perigosas na adversária, mostrando intensidade na busca pela vitória.

No segundo round, no entanto, Macy Chiasson optou pela queda e não encontrou dificuldades em levar a brasileira para o chão. Foi nesse momento que uma cotovelada desferida por Macy atingiu a testa de Mayra, abrindo um profundo e grotesco corte que começou a derramar muito sangue quase que imediatamente. Mesmo assim, Mayra tentou resistir e ainda arriscou uma chave de braço antes do médico do UFC avaliar que a luta não poderia continuar devido à gravidade do ferimento.

O corte intenso forçou a interrupção da luta no segundo round, frustrando a brasileira que estava determinada a continuar o confronto. Com o revés, Mayra conheceu sua segunda derrota seguida no UFC, afastando-se ainda mais da disputa pelo título do peso-galo. Anteriormente, ela perdeu para Raquel Pennington na luta pelo cinturão vago da categoria.

Poatan nocauteia de novo

Se Mayra não teve sucesso em seu compromisso, o mesmo não pode ser dito de Alex ‘Poatan’ Pereira. O brasileiro de 36 anos subiu ao octógono para enfrentar Jiri Prochazka pela 2ª vez, em mais uma defesa do cinturão dos meio-pesado (até 93 kg).

O embate entre Poatan e Prochazka surgiu de última hora para substituir o main event do dia, que marcaria a volta de Conor McGregor ao UFC num confronto com Michael Chandler. O notório lutador irlandês, entretanto, teve de ser retirado dos holofotes por conta de uma lesão no pé e a luta foi cancelada.

Depois de quase vencer a luta no estouro do cronômetro do primeiro assalto, Poatan precisou de apenas 13 segundos para desnortear o checo com um belo high kick de base trocada. Confira a matéria completa do UFC 303.

POR ESTADÃO CONTEÚDO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui