Simony revelou que está processando Dudu Camargo por assédio sexual. A cantora afirma que o apresentador tocou em suas partes íntimas durante uma entrevista ao vivo num programa de TV, no carnaval de 2020, a deixando constrangida.

Na ocasião, ela estava apresentando os bastidores dos desfiles de São Paulo quando Dudu chegou para ser entrevistado por ela e por Nelson Rubens.

“O Dudu Camargo é um safado, sem vergonha. Inclusive, acho que eu ganhei o processo, e ele até agora não fez o depósito, vou bloquear as contas dele, porque ele passou a mão no meu peito e aqui na parte de baixo, no carnaval, sem a minha ordem. Ele me tocou, tocou nos meu peito, nas minhas partes íntimas. Não importa se ele é bi, gay, ele me desrespeitou como mulher e como pessoa. E foi gravado, apareceu no carnaval, ao vivo”, disse Simony durante entrevista a Sérgio Mallandro, no podcast “Papagaio falante”, no YouTube”.

A cantora conta que no dia seguinte da entrevista foi à uma Delegacia da Mulher prestar queixa por assédio sexual.

“Quando acabou o programa, comecei a chorar, e no outro dia eu fui na delegacia. Ele não me ligou para pedir desculpas. Fui fazer corpo de delito. Eu não dei essa intimidade para ele. Fiquei muito triste. Poxa, não toca no meu corpo sem eu deixar. Eu estava trabalhando. Foi muita sacanagem o que ele fez comigo”.

Durante a entrevista, Simony ainda fala sobre a sexualidade de Dudu Camargo. “Eu estava apresentando o carnaval da Rede TV! Estou lá apresentando, aí ele chegou lá e me pediu um selinho. Eu já sei que ele não gosta de mulher. Todo mundo sabe… Ele tem um monte de bofe por aí…”