O governador João Azevêdo inaugura, nesta terça-feira (8), às 9h, a Casa de Acolhida Provisória da Mulher – Irene de Sousa Rolimno município de Sousa, que vai atender mulheres e filhos em situação de violência doméstica. O ato marca o lançamento da programação em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, com ações on-line com a participação de mais de 30 órgãos do Governo do Estado e parceiros. Em seguida, o chefe do Executivo entrega equipamentos da rede materno-infantil ao Hospital Regional de Sousa e visita as obras da oficina ortopédica do Centro Especializado em Reabilitação.

Para implantação da Casa de Acolhida Provisória, o Governo do Estado assinou o termo de cooperação com a Prefeitura de Sousa em 2021, e inaugura o serviço neste 8 de Março – Dia Internacional da Mulher.  A Casa de Acolhida Provisória é um investimento de R$ 350 mil e vai atender até 20 mulheres e seus filhos (as) em situação de violência doméstica que precisam de um abrigo provisório durante até 15 dias. Os critérios são mulheres acima de 18 anos que não estejam em situação de risco iminente de morte. O serviço conta com assistência multidisciplinar (psicologia, jurídica e assistência social).

Na ocasião, também haverá assinatura de 89 contratos da linha de crédito Empreender Mulher, no valor de R$ 623.400,00 para mulheres de Juru, Poço José de Moura, Jericó, São José do Sabugi e Junco do Seridó; lançamento da parceria com Facebook e Aliança Empreendora – Programa Ela faz história, com  capacitação em programas de treinamento que ajudam mulheres a impulsionar negócios; e lançamento do Sistema Integrado Programa de Dignidade Menstrual, que permitirá que as prefeituras façam a distribuição dos absorventes em qualquer unidade do sistema de saúde local. O sistema vai funcionar dentro de 15 dias.

WSCOM