Primeira cheia do ano. As fortes chuvas que caíram na Paraíba, especialmente nas cabeceiras dos rios Taperoá e Paraíba, elevaram o nível do açude Epitácio Pessoa em Boqueirão. Com a nova recarga,  Boqueirão ultrapassou os 27% de sua capacidade de armazenamento, que é de  466.525.964 milhões de metros cúbicos.

Responsável por abastecer Campina Grande e mais 18 municípios do Compartimento da Borborema, Boqueirão teve um aumento de 25cm na lâmina d’água, conforme dados oficiais divulgados pelo Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs).

O volume corresponde a uma recarga de 4.183.057 m³. Com isso, o manancial chegou a um volume total de 128.118.317 m³, que corresponde a 27,46% da capacidade do reservatório.

A perspectiva é que Boqueirão, enfim, volte a sangrar este ano. O manancial sangrou pela última vez em 2011 e já registrou, pelo menos, 18 sangrias. O açude atingiu a capacidade máxima nos anos de 1967, 1968, 1973, 1974, 1975, 1976, 1978, 198, 1984, 1985, 1986, 1989, 1999, 2004, 2005, 2006, 2008, 2009 e 2011.