O ex-governador Ricardo Coutinho (PT) (Foto: Walla Santos)

A defesa de Ricardo Coutinho recorreu no Supremo Tribunal Federal (STF) e protocolou agravo regimental para tentar derrubar a inelegibilidade. A petição foi realizada às 20h30 deste domingo (14), conforme o portal do STF.

Em atualização.

ClickPB