O presidente Jair Bolsonaro (PL) indicou, nesta segunda-feira (4), 18 nomes para serem sabatinados pelo Senado Federal, e ocupar cargos de direção em agências reguladoras. Os nomes foram enviados ao Legislativo em despacho publicado no Diário Oficial da União.

São 2 nomes indicados para compor a diretoria da ANA (Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico), 3 para a ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), 1 para a ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar), 1 para a Antaq (Agência Nacional de Transportes Aquaviários), 2 para a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres), 1 para a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), 3 para a ANM (Agência Nacional de Mineração) e 5 para a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica).

Também há indicações para o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) e para a CVM (Comissão de Valores Mobiliários). Os nomes precisam ser apreciados pelo Senado Federal.

A semana no Senado será de esforço concentrado para votar as indicações de autoridades. A partir de terça-feira (5), estão marcadas 19 sabatinas nas comissões de Relações Exteriores, de Infraestrutura, de Assuntos Econômicos e de Constituição e Justiça.

Estão previstas as sabatinas de três indicados para compor o CNJ (Conselho Nacional de Justiça) e um indicado para ocupar o cargo de ministro do TST (Tribunal Superior do Trabalho), além de sabatinas de 11 diplomatas indicados por Bolsonaro para chefiar embaixadas brasileiras no exterior.

 

R7