A Central de Transplantes registrou a primeira doação de órgãos do mês de abril. Com a autorização da família de um paciente de 62 anos, que estava internado no Hospital de Trauma de João Pessoa, foram doados os rins e as córneas. Os órgãos foram implantados em pacientes do estado de Pernambuco, sendo um homem e uma mulher, os dois com 51 anos. Já as córneas foram enviadas para avaliação no Banco de Olhos da Paraíba.

“Muitos estados brasileiros ainda não conseguiram retomar o ritmo das doações após a diminuição dos números registrados no período mais crítico da pandemia, e nós, ao contrário, temos conseguido ampliar tanto as doações quanto os transplantes. Nosso trabalho ininterrupto é porque sabemos que na fila de espera existem muitas pessoas dependendo de uma doação para retomar os sonhos e a vida”, pontuou a chefe do Núcleo de Ações Estratégicas da Central de Transplantes, Rafaela Carvalho.

Em 2022, a Paraíba já registrou a realização de 88 transplantes e 497 paraibanos ainda esperam na fila. São 293 pacientes aguardando uma córnea, quatro precisando de um coração, 15 esperando um fígado e 185, um rim.

 

PB Agora