BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) — Os partidos União Brasil, MDB, PSDB e Cidadania afirmaram nesta quarta-feira (6) que irão anunciar em 18 de maio o nome que representará uma candidatura única das quatro siglas à Presidência da República neste ano.

Além disso, o União Brasil se comprometeu em divulgar no próximo dia 14 de abril quem será o escolhido pela legenda para ser apresentado às outras legendas como alternativa para disputar o Palácio do Planalto.

O ex-juiz Sergio Moro sonha em ocupar esse espaço, mas resistências internas no partido têm dificultado a construção de consenso em torno de seu nome na legenda.

Atualmente, o candidato do PSDB à chefia do Executivo é o ex-governador de São Paulo João Doria. O ex-governador do Rio Grande do Sul Eduardo Leite, porém, ainda sonha em reverter o resultado das prévias internas da sigla para se colocar como o postulante tucano à Presidência.

O MDB, por sua vez, já lançou a senadora Simone Tebet na disputa. Dirigentes dos quatro partidos tiveram uma reunião nesta quarta e divulgaram uma nota sobre os próximos passos do grupo na disputa política.

“Conclamamos outras forças políticas democráticas para que possam se incorporar a esse projeto em defesa do Brasil e de todos os brasileiros”.