Durante o seu discurso na noite desta quinta-feira (14), no encontro do PSB em João Pessoa, o governador da Paraíba, João Azevêdo, destacou a harmonia entre os Poderes e o Governo do Estado, durante a sua administração. Sem citar nomes, o governador criticou a forma individualista e arrogante das gestões anteriores.

“Aqui não existe eu faço, eu decido, eu quero. Aqui existe, sempre, nós. O tempo todo conversamos, decidimos e escolhemos os nossos caminhos. O passado de individualismo, de arrogância ficou para trás, está enterrado. Não queremos mais isso. Nós queremos o tempo de paz, que neste momento a Paraíba vive com as suas relações republicanas com todos os Poderes”, afirmou.

João também destacou o diálogo com os servidores da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e a receptividade que teve ao visitar a instituição, e disse que ouviu relatos de que há 12 anos um governador não visitava o local.

“É a relação com o UEPB. Imaginem, este era um Estado que não conversava com a sua universidade. Eu estive lá, recentemente, na universidade e fui recebido por tantos professores e servidores. Eu não acreditei porque era aquela festa toda lá para me receber. Achei que era porque nós estaríamos assinando um convênio, mas, não, era porque, simplesmente, há 12 anos um governador não ia à nossa universidade”, disse.

Com ParaíbaJá