Em discurso de apoio à candidatura da ex-ministra Damares Alves, Michelle Bolsonaro chorou e mencionou a Bíblia. A candidatura de Damares ao Senado foi oficializada nesta sexta-feira, 5, em Brasília durante convenção regional do Republicanos.

“A Bíblia fala que há amigos mais chegados que irmãos e a Damares é essa pessoa na minha vida. Eu a amo muito. Não sei nem como expressar esse amor que Deus colocou no meu coração pela vida dela. E eu sempre digo para a Damares que ela é uma mulher forte, uma mulher aguerrida de fé, uma mulher que não negocia os seus valores e princípios, uma mulher que sempre teve um olhar especial para os mais vulneráveis e que deu voz a eles. Então, Damares, eu só tenho que pedir a Deus que ele te abençoe nesse novo ciclo da sua vida. Dizer que eu estou com você sempre”, afirmou Michelle.

“Estou com você por um Distrito Federal melhor. Dizer que você é uma mulher preciosa. Só não gosta de você quem não é do bem. Porque, quem gosta, os olhos brilham ao falar de você. Você sabe do meu amor por você. E eu sempre digo a ela que a alegria dela é a minha alegria. E a dor dela é a minha dor. Então eu estou aqui por você e para você, minha amiga. Conte com o meu apoio, com o meu respeito, com a minha admiração, porque você é uma mulher que me ensina todos os dias”, continuou.

Damares havia retirado a sua candidatura em favor da ex-ministra Flávia Arruda (PL), que também será candidata ao Senado. Segundo o jornal O Globo, interlocutores do Republicanos dizem que Michelle atuou ativamente para convencer o presidente a aceitar ter duas candidatas aliadas concorrendo a uma única vaga no DF.

Brasil247