GE

De acordo com a emissora BBC, o Manchester United estuda a possibilidade de dispensar Cristiano Ronaldo durante a atual janela de transferências, que fecha no dia 1º de setembro.

O craque português, que ainda tem um ano de contrato, seria uma presença negativa no elenco segundo fontes. Fontes essas que ficaram alarmadas com a rapidez com que os sentimentos extremamente positivos gerados durante uma bem-sucedida pré-temporada desapareceram. As derrotas na Premier League para Brighton, em casa, e Brentford (goleada fora de casa), só aumentaram essa negatividade.

Aos 37 anos, Cristiano Ronaldo não participou da turnê por Austrália e Tailândia e forçou sua saída, buscando um clube que dispute a Liga dos Campeões. No entanto, negociações com Chelsea, Atlético de Madrid e outras equipes não foram à frente.

A postura pública do técnico Erik ten Hag tem sido de que Cristiano Ronaldo não está à venda e faz parte de seus planos.

Fontes disseram à BBC que temem que não haja mudanças nos problemas atuais do United até que CR7 deixe o clube. E existe uma crença entre alguns de que, mesmo que o atacante saísse e não houvesse substituto, essa mudança desencadearia uma melhora significativa no humor do elenco.

 

WSCOM