A atriz e modelo sul-africana Charlbi Dean, que atuou no filme “Triangle of Sadness”, vencedor da Palma de Ouro em Cannes, morreu ontem em Nova York, aos 32 anos, confirmou sua porta-voz nesta terça-feira.

“É devastador”, disse a fonte à AFP por e-mail, confirmando informações do site TMZ de que Charlbi foi vítima de uma doença repentina em um hospital de Nova York. Não foram divulgados detalhes sobre a causa da morte.

No filme Triangle of Sadness, do sueco Ruben Östlund, Charlbi intepretou a top model e influenciadora “Yaya”, obcecada por sua imagem e sua carreira.

A atriz nasceu em 5 de fevereiro de 1990, na Cidade do Cabo, África do Sul, e começou a trabalhar como modelo aos 6 anos, antes de iniciar a carreira de atriz, aos 20 anos, com dois filmes sul-africanos.

Em 2017, Charlbi atuou no filme de terror americano “Don’t Sleep”, e, no ano seguinte, em “Entrevista com Deus”.

pdh-nr/dax/yow/gm/lb