(Foto: Reprodução)

A Justiça Eleitoral deu um prazo de 48 horas para que o perfil no instagram @paulia_paraiba  retire enquete com candidatos para o pleito eleitoral na Paraíba. A realização de pesquisa de opinião, que não tem valor científico, em redes sociais, é proibida. De acordo decisão obtida pelo ClickPB, o perfil no instagram @paulista_pb, realizou diversas enquetes, para saber quais candidatos estariam na frente ao pleito eleitoral que acontece dia 2 de outubro.

“48 horas para que o perfil retire do ar a enquete eleitoral, bem como se abstenha de realizar, divulgar, fomentar e compartilhar nova enquete relacionada ao processo eleitoral, sob pena de crime de desobediência, devendo comprovar o cumprimento das ordens da Justiça”, diz texto da decisão obtida pelo ClickPB.

O perfil possui 8.666 seguidores e se aproveitava para fazer sondagem das intenções de voto dos seguidores aos candidatos a deputado estadual da região, bem como, para o cargo de governador, em período proibido pela legislação eleitoral, em afronta direta a Resolução do Tribunal Superior Eleitoral.

Na decisão, o juiz do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PB), Rúsio Lima de Melo, disse que a realização de enquetes relacionadas ao processo eleitoral é vedada a partir do período que marca o início da propaganda eleitoral.

 

ClickPB