Foto: Reprodução

Com uma tendência de crescimento nos países latino-americanos de 4% para os próximos dez anos, de acordo com o relatório anual do World Travel & Tourism Council, o turismo tem atraído atenções como um propulsor do desenvolvimento econômico por líderes mundiais no pós-pandemia. Discutindo esse e outros temas relativos também à segurança e meio ambiente, o Parlamento latino-americano (Parlatino) deu continuidade à sua programação na tarde desta segunda-feira (5), com a troca de experiências entre os 23 países participantes do bloco.

“Debatemos hoje temas importantes de muita relevância para os países que fazem parte do Parlatino e vamos buscar o alinhamento dessas pautas com o objetivo de garantir avanços e desenvolvimento”, destacou a senadora Daniella Ribeiro, que também é secretária de Relações Interinstitucionais do Parlatino.

Tendência de crescimento no setor de turismo foi debatido

Já a secretária de Turismo e Desenvolvimento Econômico da Paraíba, Rosália Lucas trouxe à tona dados do relatório anual do WTTC, ressaltando que o levantamento aponta a tendência de crescimento no setor para países latino-americanos de 4%, que é quase o dobro do previsto para a economia da região do mesmo período, estimada em 2,3%.

Segundo ela, países como a Colômbia, com seu artesanato, e o México, são exemplos balizadores de como o Brasil pode se posicionar para atrair cada vez mais a atenção de visitantes de todo o mundo.

“Nós temos que trabalhar e desenvolver o turismo entendendo as singularidades de cada país. No Brasil, temos hoje as belezas naturais e o turismo rural como grandes âncoras a serem exploradas”, destacou a secretária, ressaltando a Rota dos Engenhos, por exemplo, na Paraíba, assim como a Rota dos Lajedos, importantes potenciais a serem explorados. A Rota dos Engenhos reúne diversos destinos no Brejo da Paraíba e permite que o turista ande pelo interior de casarões centenários com degustação de cachaças alambique ao final do roteiro.

Movimentação econômica em cadeia

O secretário executivo de turismo de João Pessoa, Ferdinando Lucena, por sua vez, destacou a importância de eventos como o Parlatino, de proporções internacionais, como importantes ferramentas de movimentação econômica da cidade. “São eventos como esse que movimentam desde o setor hoteleiro à gastronomia e o comércio local. Para João Pessoa é um privilégio receber esses representantes mundiais para discutir assuntos que são pertinentes a todo um bloco econômico que é extremamente relevante como os países latino-americanos”, disse.

Fotos: Juliana Santos

 

 

ANDERSON SOARES