O recurso do ex-governador Ricardo Coutinho (PT) contra a decisão do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) que indeferiu sua candidatura ao Senado perdeu objeto, em razão do candidato não ter ganho a disputa ao Senado e ficado em terceiro lugar. Ricardo buscava reverter a decisão para caso alcançasse o primeiro lugar, assumir um eventual mandato. O julgamento do recurso deverá ocorrer amanhã (04), no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Coutinho foi considerado inelegível pelo TSE após ter sido condenado por conduta vedada e abuso do poder político e econômico, caracterizados, entre outros, pela concessão irregular de microcrédito pelo programa Empreender, pela distribuição de kits escolares e pela contratação e exoneração de servidores e prestadores de serviços no trimestre anterior ao pleito.

 

ClickPB