Foto: EBC

A Rússia e a Ucrânia realizaram a mais recente de uma série de trocas de prisioneiros de guerra neste sábado (29), com os dois lados devolvendo cerca de 50 pessoas, disseram autoridades em Moscou e Kiev.

A direção de inteligência militar da Ucrânia informou o retorno de 52 detidos, entre eles soldados, marinheiros, guardas de fronteira, membros da guarda nacional e médicos. Outras trocas estão sendo trabalhadas, disse, sem detalhar.

O Ministério da Defesa da Rússia disse que a Ucrânia entregou 50 prisioneiros de guerra após as negociações.

Mais cedo, neste sábado, Denis Pushilin, chefe da região de Donetsk, – uma das quatro regiões da Ucrânia que a Rússia proclamou unilateralmente como seu território no mês passado – também disse que uma troca de prisioneiros com a Ucrânia estava ocorrendo.

Ele afirmou que 50 pessoas de cada lado estavam sendo trocadas.

 

REUTERS