Parapentista brasileiro morre em acidente no norte do Paquistão

0
811
© Shutterstock - imagem ilustrativa

A tragédia marca a quarta morte de um aventureiro estrangeiro na região desde o início do mês de junho

Um parapentista brasileiro sofreu uma queda fatal no norte do Paquistão nesta sexta-feira (05), segundo informações confirmadas por um oficial à AFP. A tragédia marca a quarta morte de um aventureiro estrangeiro na região desde o início do mês de junho.

O norte do Paquistão, lar de montanhas majestosas como o K2, a segunda mais alta do mundo, atrai turistas de diversas partes do planeta devido às suas paisagens deslumbrantes. O parapentista, que fazia parte de uma equipe de sete membros com destino ao acampamento base do K2, optou por realizar um voo de parapente, o único da equipe a fazê-lo.

“Ao iniciar o voo, o paraquedas do brasileiro se rompeu, causando a queda fatal”, relatou o porta-voz da polícia local, Muhammad Nazir, à AFP por telefone de Shigar, local do acidente. A equipe era composta por dois franceses, dois americanos, um búlgaro e um suíço, além do brasileiro.

O corpo do parapentista foi recuperado e será repatriado ao Brasil após contato com sua família, segundo Nazir.

No início desta temporada de escalada de verão, três alpinistas japoneses também perderam a vida em dois incidentes distintos.

O governo do Paquistão tem intensificado a promoção do turismo na região como parte dos esforços para impulsionar a economia local. No ano passado, mais de 8.900 estrangeiros visitaram a remota região de Gilgit-Baltistão, onde se concentram a maioria das montanhas, de acordo com dados governamentais.

Fonte: Notícias ao minuto 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui